Doença Ocupacional do Trabalho

Lesão por Esforço Repetitivo ou LER uma doença ocupacional do trabalho sendo um dos mais sérios problemas da área de saúde ocupacional nos nossos dias, ela tira a qualidade de vida e incapacita muitos para o trabalho gerando dor e sofrimento para o profissional e prejuízo para as empresas. A DORT ou LER é a doença ocupacional do trabalho mais frequente nos ambiente de trabalho, afeta principalmente trabalhadores que utilizam muito o computador ou fazem atividades que exigem repetições seguidas, as mulheres são as principais vítimas da doença ocupacional por apresentar menor capacidade osteomuscular, para cada nove mulheres um homem desenvolve a LER.

Doença Ocupacional do Trabalho

doença ocupacional do trabalhoA onde tem um tendão no organismo você acaba tendo dor e o que é mais comum que se vê hoje é a lesão a nível dos punhos das mãos e do ombro, isso porque são partes que mais movimenta e ela está muito relacionado a esforços finos, esforços coordenados. As pessoas começam a ter dor, começa a ter formigamento, amortecimento, perda de força muscular, no começo só na jornada de trabalho depois passam a ter estas dores também nos finais de semana por estar em uma situação já crônica. A digitação por tempo prolongado, pessoas que costuram por muitos anos acaba também desenvolvendo isso. As pessoas tem que fazer um alongamento e sempre fazer atividade física, pois pessoas que fazem atividade física regularmente diminui a chance e probabilidade de ter esse tipo de lesão.

Programa de Prevenção

doença ocupacional do trabalhoA quantidade de horas trabalhadas alternando com a quantidade de repouso é muito importante, existe uma regra que não funciona para todo mundo mais funciona bastante, a cada hora de trabalho se deve parar dez minutos, faz um alongamento, vai tomar um café, as vezes essas linhas de produção de digitação as pessoas não gostam e as vezes não respeitam isso, mais isso é importante e acaba dando conforto. Segundo especialistas não há cura para DORT OU LER, mas se diagnosticada no início as chances de recuperação são de noventa por cento, por isso o melhor caminho é a prevenção algumas empresas já tem implantado o programa de prevenção de doença ocupacional do trabalho, mobiliários ergonomicamente adequados e ginástica laboral são as principais práticas de vários programas. A ginástica laboral é um corpo a corpo dos médicos com os funcionários.

Atividades Laborais

doença ocupacional do trabalhoO próprio empregador devia pensar nisso, porque quando ele tem um funcionário trabalhando melhor aquele funcionário acaba produzindo mais. A atividade física fortalece a parte muscular e quando vai fazer um movimento você não sobrecarrega aquela articulação, se tiver um músculo trabalhando bem a articulação vai funcionar melhor ela não trabalha sobrecarregada. Segundo dados do INSS, mais de cem mil trabalhadores brasileiros estão afastados do trabalho por motivo de acidente ou doença ocupacional e são beneficiários do auxílio doença. Este auxilio é um benefício que é concedido a todos os segurados da previdência social que ficam incapacitado para o trabalho temporariamente, no caso de doenças ocupacionais seria um auxilio doença acidentário. A empresa faz a comunicação através da CAT (Comunicação de Acidente do Trabalho), passando todas as informações e o segurado da entrada e passa pela perícia médica.

Doença Ocupacional do Trabalho
Por Favor Avalie Esta Postagem

Gostou? Deixe O Seu Comentário Aqui!

Muito Obrigada Por Participar