Como Aumentar A Autoestima De Uma Pessoa

Hoje nós vamos falar de um tema que também é importante e toca a vida de todos nós é, como aumentar a autoestima de uma pessoa.

Como que anda a sua autoestima? Como a autoestima pode influenciar o seu relacionamento? De que forma a autoestima ajuda a superar conflitos?

Vamos começar definindo essa palavra, porque pode ser que alguém já tenha ouvido falar ou tem algum conceito e, não sabe se está certo ou errado.

Primeiro que autoestima se tem que pensar na forma que eu me vejo, como eu me percebo, o quanto eu me quero bem ou não, isso vai determinar muito as escolhas que você faz e o que você se propõe, desde que você propõe escolher para alimentar ou que propõe a fazer quanto ao trabalho, as pessoas que você escolhe para relacionar, então tudo isso determinam os carinhos de você para você ou não.

A autoestima é quando você estima alguém, tem um carinho pela pessoa, cuida da pessoa e o mesmo você tem que fazer contigo, se você quer o seu bem você tem que cuidar de você, então você tem que escolher aqueles alimentos que fazem bem para você.

Você tem que escolher os relacionamentos que fazem bem para você, você tem que escolher uma profissão que te faça feliz, se você não age dessa forma e se você tem determinadas escolhas que não te faz bem, a tendência é um boicote, uma auto sabotagem e machucar muito a sua autoestima.

As escolhas que você faz é você quem faz, você escolhe com quem quer se relacionar, se você se relaciona com pessoas que te machucam que te sugam que de repente te desgastam e, ninguém te forçou a ficar com fulano.

Se você está com alguém, se você está com alguém e está sofrendo é por que de alguma forma você escolheu isso e, porque você está escolhendo esse tipo de pessoa para viver ao seu lado? Essa pergunta é uma pergunta que você tem que se fazer.

Quando alguém tem uma baixa autoestima; tem alguns sintomas que são importantes serem citados, então a pessoa tem uma insegurança grande, tem um amor próprio defasado, tem um sentimento de inferioridade bastante significativo, têm pensamentos pessimistas recorrentes, a pessoa é intolerante a frustração, tem uma resistência muito grande em receber elogios, por exemplo, tem dificuldade em impor limites ao outro, porque esta pessoa tem uma preocupação muito grande em ser querida.

Quando você põe um limite ao outro, que se quebra a expectativa do outro a seu respeito, a pessoa frustra e se sente desprotegida, achando que não mais irão gostar dela a partir do momento que foi colocado o limite e, tem uma vulnerabilidade emocional muito grande, estão essas são algumas características que aparecem; ansiedade e agressividade, porque o individuo fica muito vulnerável e muito fragilizado a partir do momento que esse autoconhecimento é muito defasado.

Autoestima Feminina

autoestima

Avalie o Relacionamento

A autoestima é muito importante em um relacionamento e a baixa autoestima pode prejudicar demais uma relação, porque é o seguinte principio, se eu não me amo como eu amo alguém?

Como eu dou aquilo que eu não tenho? Então você precisa gostar de você, reconhecer as suas virtudes, os seus defeitos e entender, e se você está sentindo que a autoestima está defasada, que ela pode melhorar, exercite o autoconhecimento para que você consiga enaltecer aquilo que é bacana em você e diante dos defeitos consiga fazer alguns movimentos e não pensar em movimentos imensos, que da uma preguiça danada, que se chama a preguiça da resistência, mais começar a fazer pequenos movimentos, porque são esses pequenos movimentos, e não os subestimem que vão te levar a grandes realizações e alimentar essa autoestima que é muito importante.

A primeira coisa que se vê em um contato é o físico e, as pessoas acabam associando com essa historia do físico, mais não é só isso, você precisa estar bem contigo por inteiro isso que é muito importante, porque essa segurança que vai propor e promover uma estabilidade na relação, não tem algo menos charmoso que é a insegurança no relacionamento, agora a questão não é estar bonita ou não, mais é estar bem consigo mesma, essa não é a beleza de todas, é quando você está bem com você.

Um relacionamento onde a autoestima é baixa a pessoa fica insegura, pode ficar com ciúme, porque quando está com baixa estima à pessoa sempre acha que o outro é melhor que ela, o parâmetro é sempre o outro, porque a auto percepção é muito distorcida, então qualquer um ameaça a relação, a pessoa fica insegura, fica desconfiada, tem muita dificuldade de apropriar.

Como uma pessoa vai acreditar que alguém te ame? Então chega o seu marido e fala, eu te amo e você é linda, e a pessoa não se apropria disso, se ela não enxergar isso nela, então o sentimento de angustia é muito grande; a sensação de ansiedade, a dificuldade de se apropriar e, esse vazio que fica permanente dentro da pessoa. Uma pessoa oprimida por outra, tem uma baixa autoestima e o opressor pode ter uma baixa autoestima?

Uma relação neste perfil é uma relação de caráter destrutivo, se vê que é uma relação em que não é por que o que está sendo oprimido é o sofredor, até por que se ele não se beneficiasse por algum ganho secundário nessa relação, mesmo que o ganho seja o sofrimento que é aquilo que ele precisa por incrível que pareça e, ele se alimenta desse sofrimento e ele fica nessa relação e o outro que é o opressor não pode ser encarado como vilão, ambos se alimentam nessa situação doente, é um relacionamento destrutivo que ninguém esta ganhando, é uma relação que merece uma revisão.

Autoestima De Uma Pessoa

autoestima

Autoconhecimento

A proposta de um relacionamento é para construir, para ser gostoso e não é para oprimir e nem ser oprimido.

Uma dica concreta para se exercitar na construção da autoestima é, primeiro evite a autocritica demasiada, evite comparações excessivas com o outro, comece a valorizar as pequenas mudanças, não está feliz se questione; bom eu não estou feliz com isso, não estou feliz nesse emprego, não estou feliz com o meu corpo, não estou feliz nas relações, em fim, comece fazer pequenos movimentos, porque as pessoas esperam coisas grandes, grandes mudanças e acaba não fazendo nada e subestimam as pequenas, é na somatória de pequenas que você vai conseguir as grandes.

Exercitar o autoconhecimento começar a se questionar o que é importante para você, se conhecer, se ouvir, dialogar consigo mesma, fique quieto um pouco e entre em contato com você e, muitos têm uma resistência imensa em fazer este movimento, como se isso promovesse uma angustia muito grande, é essencial e promove, mais talvez seja importante entrar em contato com essa angustia para que você consiga se perceber, ninguém melhor que você para saber o que te é importante, então esse é um exercício que é muito interessante e, começar a pensar quais são os carinhos que você pode fazer para você, de repente começar um exercício, de repente mudar alguma coisa na alimentação ou então rever a sua relação, para que manter relacionamento destrutivo?

Amizades que te sugam, amizades que não te agregam em nada, começar a impor um pouco mais de limite, porque muitas vezes você abdica dos seus interesses em função do outro e, você sai completamente da sua meta, dos seus objetivos em função do outro, observar as relações de dependência afetiva isso é uma atraso muito grande.

Quando você começa a fazer esses movimentos, da mesma forma que você está acostumada até então a fazer movimentos destrutivos que te colocam mais para baixo, quando você começa a fazer pequenos movimentos isso vira um ciclo, porque são os pequenos movimentos que vão elevando a sua autoestima e vai se sentindo mais poderosa, mais forte, isso faz com que você goste mais de você, quanto mais uma pessoa gosta dela mais escolhe coisas boas para ela, então tende aumentar cada vez mais a autoestima.

A necessidade de aprovação é uma característica também de um individuo de baixa estima. Quando alguém precisa da aprovação do outro é por que não esteja tão convencida disso.

Autoestima Elevada

autoestima

Autoestima é Prservação

A mulher que é bonita não precisa ficar falando para todo mundo que ela é linda e maravilhosa, a pessoa que é inteligente não precisa ficar contando aos quatro cantos, a gente sabe o que agente é, a gente se basta nisso, para que eu vou falar isso?

Para de repente alguém ao lado se sentir inferiorizada muito pelo contrário, se nutre disso por perceber, isso me faz com que eu me coloque na situação mais positiva, mais não é preciso denegrir alguém para se sobre sair, a pessoa que normalmente faz isso, ela costuma também a criticar muito os outros e se auto enaltecer, na verdade isso não é o caminho para quem de fato tem uma autoestima elevada, muito pelo contrário é alguém tentando acreditar nisso.

Nós devemos saber como lidar com a autocritica no dia a dia, se for ao ambiente profissional é diferente do relacional no sentido afetivo, porque quanto ao afeto, eu escolho com quem eu quero me relacionar, então se você tiver com uma pessoa que o tempo inteiro se enaltece, precisa se auto afirmar constantemente e diminui o outro, então questione por que está nessa relação, porque isso machuca e não é saudável e, ninguém é terapeuta do seu parceiro, isso é um inferno isso fica muito chato.

Agora no ambiente profissional tem que se ter um jogo de cintura, tem que ter uma flexibilidade, não da para simplesmente querer tirar esta pessoa do âmbito profissional, porque muitas vezes não se tem esse poder, mais se pode proteger deste tipo de pessoa.

A proteção ocorre quando ha um cuidado na exposição, então, por exemplo, você tem um colega de trabalho que é da mesma equipe que tem esse funcionamento, então se pode de repente se limitar aos exercícios profissionais e não precisa afinar ou estreitar um vínculo, forçar uma intimidade de alguém que não te agrega, que não te acrescenta, isso é uma forma de se proteger, agora se não tiver uma boa autoestima e estiver preocupado no que ele ou ela vai pensar de você , ele ou ela não vai gostar de mim, ai fica complicado, a pessoa se machuca forçando essas relações.

A naturalidade sempre é a melhor coisa, ao se ter essa leveza no relacionamento e em tudo. Em determinadas situações às vezes se afastar um pouco é o ideal e, não estar tão ali e, isso é uma auto preservação. Veja que isso é uma forma de se proteger que é fundamental na vida, as pessoas com as quais você se relaciona, os lugares que você se propõe estar e, a escolha disso tem tudo a ver com a sua autoestima.                                                                                Por: Gabriela Soares

Como Aumentar A Autoestima De Uma Pessoa
Por Favor Avalie Esta Postagem

Gostou? Deixe O Seu Comentário Aqui!

3 Comentários

  1. Pingback: Consequencias Da Anorexia - A Essência de Mulher

  2. Pingback: Sobrancelhas Micropigmentadas - A Essência de Mulher

  3. Pingback: Como Controlar A Ansiedade Generalizada - Saúde da Mulher

Muito Obrigada Por Participar